quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Tai Chi Chuan: Bom para o Corpo, para a Mente e para o Espírito


Atualmente milhões de pessoas em todo o mundo praticam regularmente Chi Kung como um esporte para manter a saúde. O Chi Kung dentre outras práticas relacionadas ainda estão associados às artes marciais e rotinas de meditação, realizadas por monges Taoistas e Budistas, artistas profissionais de artes marciais e seus estudantes. Estas práticas, anteriormente muito mais restritas, na era moderna tornaram-se amplamente disponíveis para o públic
o em geral, tanto na China, como no resto do mundo. Quando souber como praticar o Chi Kung, não necessitará mais do que 10 minutos por dia.

No stress do cotidiano, transferimos toda a energia para os nossos mecanismos de defesa, especialmente nos ombros, parte de trás do pescoço e maxilares. Toda a nossa energia fica acumulada nessas áreas e o resto do corpo fica tenso e fatigado. O objectivo do Chi Kung dividir a energia por todas as partes do corpo e encontrar equilíbrio e harmonia interior.

O Chi Kung tem sido uma enorme ajuda para fisioterapeutas de todo o mundo. A fisioterapeuta Charlotte Nordstrom explica que o Chi Kung tem sido apreciado pelos seus pacientes, não só como um exercício diário para obter flexibilidade nos músculos e articulações, como também ajudou-os a combater, por exemplo, cefaleias, tonturas, fibromialgia e problemas relacionados com stress, tais como distúrbios do sono, ataques de pânico e outros, de uma forma impressionante.

Apostila com Exercícios de Chikung Link:
http://saudeintegrativa.files.wordpress.com/2011/01/exercicios-separados.pdf



A Filosofia e a Espiritualidade do Tai Chi Chuan




A ALQUIMIA DO TAI-CHI 







Curso de Chi Kung Iniciante




segunda-feira, 8 de outubro de 2012

o Tao da Cura

Ficheiro:Calligraphic Dao..pngTAO


Tao é um caminho espiritual que flui com o cotidiano, ele é parte do cotidiano quando se o compreende diante de uma abordagem onde tudo faz parte de uma "realidade" transitória e para entrar em harmonia precisamos deixar as coisas seguirem o seu curso, não em estado de inação, mas entendendo que não podemos a tudo governar como queremos e sim fluindo com o que ocorre.... Assim entendo o Tao (Cristina)

Sábios como Lao Tsu e Confúcio ensinaram que o segredo do sucesso e da realização na vida foi a renunciar o seu próprio caminho e seguir o Tao.   

Os taoístas acreditam que a consciência esta sediada não somente no cérebro, mas também nos órgãos vitais, e, num sentido mais sutil e refinado, em cada uma das células. As técnicas do Sorriso interior e os Seis sons de cura dão a partida no processo de perceber o corpo e desenvolver uma profunda sensibilidade interior.                                                        

O Sorriso Interior: É uma técnica de relaxamento poderosa que utiliza a energia em expansão de felicidade, como uma linguagem de comunicação com os órgãos do corpo. Ao aprender a sorrir internamente, todo o corpo sente-se amado e apreciado. O stress e a tensão são neutralizados, e o fluxo de Chi aumentado.



A Meditação do Sorriso Interno
Importante:
Sente-se na ponta do assento da cadeira, bem ereto, com a coluna alongada Os pés devem estar bem apoiados no chão. Coloque parte do peso do corpo nos pés. O queixo deve estar apontado para o chão, o pescoço bem reto. Coloque a palma da mão direita sobre a palma da mão esquerda, e descanse as mãos no colo. Vire os olhos e os ouvidos para dentro. Sente-se bem calmo.

Mantenha grande parte de sua atenção nos pés enquanto faz esta meditação, para evitar náuseas ou desatenção. Respiração Abdominal.

Enquanto passeia sua atenção pelos órgãos gire seus olhos em espiral em volta do órgào como se acariciasse cada um deles..

Homens
Gire os olhos no sentido horário

Mulheres
Gire os olhos no sentido anti-horário


Comece sempre a Meditação do Sorriso com o movimento de cavalgar: balance sua coluna para os lados a partir do osso do assento e do sacro. Sorria internamente e balance cada vértebra desde a base até o crânio. Sinta sua coluna relaxada e morna, absorvendo uma luz dourada. Balance a coluna para frente e para trás inclinando levemente a cabeça. Sinta-se como um bambu oco. (Quando você inclina a cabeça empurrando o queixo contra o pescoço, você sente a cabeça conectada à vértebra lombar.)

Antes de terminar o movimento de cavalgar, sorria do topo da cabeça até o início da coluna e dali de volta até a parte de cima da coluna.

O movimento de cavalgar e sorrir para a coluna é um exercício muito importante para relaxar a coluna e o sistema nervoso. Se queremos relaxar, precisamos começar pelo relaxamento da coluna. Enquanto a coluna estiver dura e tensa o relaxamento não acontece.

1 - A primeira forma da Meditação do Sorriso, tem por objetivo energizar a coluna e o cérebro. Iniciamos sorrindo para a bexiga, o útero, os ovários, os testículos e a próstata, gerando com isto muita energia.
Cavalgue levemente sorrindo para a bexiga, o útero, os ovários, a próstata e os testículos, imagine estes órgãos, sinta-os e se conecte com eles. Sinta a conexão deste órgãos com o cérebro. Sinta que eles estão ligados ao cérebro e que dali sobe uma energia pela coluna alimentando seu cérebro. Entre em contato com cada órgão do corpo sentindo verdadeiramente sua presença dentro do seu corpo.

Rins
Imagine o imenso oceano azul e um fogo se acendendo embaixo deste oceano. Visualize uma bonita luz azul evaporando do oceano. Sorria esta luz azul para dentro da bexiga, do útero, ovários, da próstata, dos testículos e rins. Sinta estes órgãos se expandirem com esta luz azul. Permita que uma sensação de delicadeza e serenidade se estenda pelo seu corpo inteiro, especialmente no fígado.


Fígado
Sorria para o seu fígado. Imagine seu fígado e estabeleça uma comunicação com ele. Veja o sol iluminando uma floresta. Imagine uma luz verde. Sorria esta luz verde de cura e a qualidade da bondade para dentro do seu fígado. Sinta o fígado se expandir com esta luz verde. Deixe-a irradiar-se para todos os outros órgãos, especialmente para o coração. Sinta que esta luz verde está energizando seu coração

Coração
Sorria para o coração. Imagine o coração e se comunique com ele. Tome consciência da luz vermelha, um pôr de sol sobre o oceano irradiando uma luz vermelha. Sorria esta luz vermelha com o amor, a paciência e a alegria interna para o coração. Sinta o coração se expandir cheio de luz vermelha e amor. Deixe ela se irradiar do coração para dentro de todo o corpo, especialmente para o estômago, baço e pâncreas. Sinta que a luz vermelha está energizando estes órgãos.

Baço e Pâncreas
Sorria para o estômago, o baço e o pâncreas. Imagine-os e se comunique com eles. Imagine os raios maravilhosos do sol do alto verão (sem calor) enchendo estes órgãos com uma luz dourada. Sorria esta luz dourada para dentro do estômago, do baço e do pâncreas. Sinta uma sensação de calma serenidade e equilíbrio. Permita que esta luz harmoniosa se irradie pelo seu corpo inteiro, especialmente pelos pulmões. Sinta que a luz dourada está energizando o seu pulmão.

Pulmão
Sorria para os pulmões. Imagine-os e se comunique com eles. Sinta e inale a pura luz branca e fresca das altas montanhas. Sorria esta luz dentro dos pulmões, do nariz, da pele e do intestino grosso. Permita que ela se irradie por todo o corpo, especialmente pelos rins.



Repita duas vezes este ciclo da meditação do sorriso interno. Depois armazene esta energia do sorriso dentro da bexiga, do útero e da próstata, e permita que esta energia suba pela coluna até o cérebro. Segure esta energia aí, girando os olhos internos em espiral para um lado e depois para o outro . Sinta como a energia do sorriso esta energizando seu cérebro, sua coluna, os nervos e todos os órgãos e glândulas. Sinta os músculos de seu corpo ligados ao sistema nervoso. Descanse. Concentre-se na energia dentro do cérebro e na coluna. Sinta a consciência e a energia se expandindo.
Ao terminar a meditação, faça círculos na altura do umbigo girando as duas mãos (uma sobre a outra) para recolher a energia gerada e armazená-la na cavidade (tan tien) inferior.


Homens:

Gire as mãos no sentido horário -36 vezes e anti-horário-24 vezes


Mulheres:
Gire as mãos no sentido anti-horário -36 vezes e horário-24 vezes

Descanse por uns segundos, relaxando os olhos fechados, atento às transformações internas causadas pela meditação do sorriso interno. Sinta todas as células do seu corpo sorrindo.

Lembrem-se que é muito importante sorrir com os lábios enquanto praticam. No inicio você poderá sentir que seu sorriso é um sorriso falso, não deixe que esta impressão pare com sua prática. Logo mais você vai perceber que tudo começa a ser verdadeiro e que um sorriso interno constante começa a ficar presente em seu corpo, criando ondas de bem estar durante todo o seu dia.




Os Seis Sons de Cura: Esta técnica de auto-cura utiliza o relaxamento, a visualização, alguns movimentos e sons especiais para eliminar calor tóxico dos órgãos internos. Como efeito podemos citar a melhoria da digestão, a redução do stress interno, de insônias e dores de cabeça; bem como um aumento na vitalidade, na medida em que o fluxo de chi nos diferentes órgãos é aumentado. Ocorre também uma harmonização das emoções.


Acrescentar som às expirações, como ensinado no Qigong, faz os órgãos vibrarem. Isto faz o Qi saudável circular pelos órgãos e libera o Qi a eles associado.    

XU  -  Fígado - Madeira - SHU


HA  -  Coração  -  Fogo - HO


HU  -  Baço  -  Terra -  FU


AH  -  Pulmões  -  Metal - XI Sssss


HEY  -  Rins   -  Água - SHEE


XI  -  Triplo Aquecedor/Queimador 3  - Fogo - representa as cavidades pélvicas, abdominais e toraxicas juntamente com os órgãos ali localizados.

A tabela a seguir lista os sons como se explica por vários professores. A explicação dada aqui é um pouco simplificada - alguns professores sugerem visualizações para acompanhar os sons.


PULMÕES


O som si é para restabelecer e o som hu é para relaxar. 

RINS





O som chui é para relaxar e o som si é para restabelecer.


Fonte:
Porta para todas as Maravilhas
Autor: Mantak Chia
Editora Cultrix

Link para avaliação do livro:
http://books.google.com.br/books?id=Y7zu-40iLtUC&pg=PA119&lpg=PA119&dq=seis+sons+de+cura&source=bl&ots=jSILuZyiHh&sig=TLDxDkGAUW5LuHUXCxPmmjMmZog&hl=pt-BR&sa=X&ei=1JZ4UPLuEYyk8gSO-oG4Dw&ved=0CDQQ6AEwAA#v=onepage&q=seis%20sons%20de%20cura&f=false


Para praticar os sons de cura, você deve manter a precisão na postura (costas retas e ombros relaxados) e na pronúncia do som. Sente-se na beirada da cadeira, afaste as pernas na largura dos quadris e mantenha os pés firmes no chão. Mantenha os olhos abertos.
FIGADO

1. Concentre-se no fígado e sinta a ligação entre esse órgão e os olhos (imagem 1).

2. Posicione as mãos ao lado do corpo, com as palmas para fora. Respire fundo e, devagar, abra os braços para o alto, acima da cabeça. Acompanhe o movimento com os olhos.

3. Entrelace os dedos e gire as palmas das mãos virando-as para o teto (imagem 2). Force as mãos para cima e sinta o alongamento nos braços e nos ombros. Incline-se ligeiramente para a esquerda, exercendo uma leve pressão sobre o fígado (imagem 3).

4. Expire fazendo o som “SHHHHHHH” (imagem 4), subvocalmente (lábios, dentes e língua produzem um som que só é ouvido internamente). Novamente, imagine e sinta uma membrana envolvendo o fígado, comprimindo e expelindo o excesso de calor e a raiva (imagem 5).

5. Depois de expirar totalmente, desenlace os dedos e, abaixando os braços com as palmas das mãos voltadas para fora (imagem 6), inspire o ar lentamente para dentro do fígado; imagine uma brilhante cor verde (virtude da bondade) entrando no fígado. Suavemente, posicione os braços ao lado do corpo, abaixando os ombros. Repouse as mãos no colo, com as palmas para cima, e descanse.

6. Feche os olhos, respire normalmente, sorria para o fígado e imagine que continua fazendo o som. Atente nas sensações. Sinta a troca de energia (imagem 7).

Faça o exercício de três a seis vezes. Em caso de raiva, olhos vermelhos e lacrimosos, ou paladar azedo ou amargo, e também para desintoxicar o fígado, repita de nove a 36 vezes.



_______________________
Métodos Taoístas para Transformar Stress em Vitalidade
Mantak Chia 
Editora Cultrix
122 páginas


Som do Pulmão

  • Elemento: Metal
  • Órgão associado: Intestino grosso
  • Som: Sssssss (língua atrás dos dentes)
  • Emoções: Negativas - dor, tristeza, depressão,
    Coragem, justiça, auto-estima elevada - Positivo
  • Cor: Branco, claro, metálico
  • Temporada: Fall
  • Direção: Oeste
Posição: Sentar em uma cadeira com as costas retas e as mãos descansando as palmas para cima em suas coxas. Tenha os pés no chão sobre a largura dos quadris distante. Sorria para seus pulmões e estar ciente de qualquer tristeza, dor ou calor em excesso em seus pulmões. Inale lentamente, e levantar as mãos acima de sua linha central, com os dedos apontando para o outro. Quando suas mãos passam do nível do ombro, começar a girar as palmas para fora como você continuar levantando suas mãos em frente de você e acima de sua cabeça, com as palmas para cima. Aponte os dedos em direção aos dedos da mão oposta e mantenha os cotovelos ligeiramente dobrados.
Som: Part seus lábios levemente, segurando seu queixo suavemente fechado. Olhe para cima através do espaço entre as duas mãos e empurre as palmas das mãos ligeiramente para cima, como você expire lentamente e fazer o sssssss som. Imagem e sentir o calor em excesso, tristeza, dor, depressão, doença, ou cor branca encardida expulso e lançado como você exalar lenta e totalmente.
Descansando Postura: Quando você tiver expirado completamente, gire as palmas para baixo com os dedos ainda apontando para o outro. Abaixe lentamente as palmas das mãos e levá-los apenas na frente do peito, sensação de aura dos pulmões.
Feche os olhos e estar ciente de seus pulmões. Sorria para seus pulmões, e como você inala, imagine que você está respirando em uma névoa brilhante de luz branca. Respire essa luz em seus pulmões e sentir frio, limpeza, tonificação, curando, e refrescante de seus pulmões. Sentem que flui para baixo para o intestino grosso para equilibrar a energia dos pulmões yin e intestino Yang grande, permitindo que a qualidade coragem de seus pulmões a emergir. Crescer mais coragem, para que a tristeza ea depressão têm menos espaço para crescer. A cada inspiração, sinta-se desenhando em energia fresca. Com cada expiração, mentalmente fazer o som de pulmão e liberar qualquer tristeza ou a energia restante quente.
Repita pelo menos três vezes. Para as duas primeiras repetições, fazer o som alto. Na terceira repetição ou passado, fazem o som subvocalmente (tão baixinho que só você pode ouvi-lo). Para aliviar a extrema tristeza, depressão, resfriado, gripe, dor de dente, asma ou enfisema, repita seis, nove, doze ou vinte e quatro vezes.

Som dos Rins

    1. Elemento: Água
    2. Órgão associado: Bexiga
    3. Som: Ch00000 (com seus lábios formando um "0" como se soprar uma vela)
    4. Emoções: negativas - medo, choque
      Positivo - mansidão de sabedoria,
    5. Cor: azul escuro ou preto
    6. Temporada: Direção de Inverno: Norte
      Posição: Mova as mãos para cobrir os rins. Sorria para os seus rins, e estar ciente de qualquer frio ou calor em excesso na região dos rins. Então traga as pernas juntas, tornozelos e joelhos tocando. Inclinar para a frente e apertar os dedos das duas mãos juntas em torno de seus joelhos. Inspire e puxe os braços esticados na parte inferior das costas, enquanto dobra o tronco para a frente (isto permite a sua volta para se projetar na área dos rins). Incline a cabeça para cima, como você olhar para a frente, ainda puxando os braços a partir da parte inferior das costas. Sinta sua coluna puxando contra os joelhos.
      Som: Round os lábios ligeiramente e expire lentamente, tornando o ch00000 som. Simultaneamente contraia o abdômen, puxando-a para os seus rins. Imagine qualquer medo, doença, desequilíbrios e energia excesso de calor ou frio em excesso sendo liberados e expulsos da fáscia que envolve os rins.
      Descansando Postura: Depois de ter expirado completamente, endireitar lentamente até que você esteja ereto e retornar suas mãos para tocar a aura dos rins. Feche os olhos e voltar a ser consciente de seus rins. Sorria para os seus rins, e na inspiração, imagine que você está respirando uma leve névoa brilhante luminoso azul para eles. Sinta-se esta cura névoa, balanceamento e refrescante seus rins e bexiga, e imagem-los brilhando de uma cor azul brilhante. Na expiração, imagine que você ainda está fazendo o som dos rins.
      Repita pelo menos três vezes. Repita seis, nove, doze, ou 24 vezes para aliviar o medo extremo, fadiga, zumbido de baixa frequência nos ouvidos, tontura, dor de volta infecção da bexiga ou urinária, ou problemas do sistema reprodutivo.

      Som do Fígado

        1. Elemento: Madeira
        2. Órgão associado: Vesícula Biliar
        3. Som: Shhhhh
        4. Emoções: negativos - raiva, frustração, ressentimento,
          Positivo - bondade, benevolência, perdão,
        5. Cor: Verde
        6. Estação: Primavera
        7. Direção: Leste
          Posição: Coloque as mãos sobre o fígado. Sorria para seu fígado, e estar ciente de qualquer raiva, frustração, ressentimento, ou o excesso de calor na região do fígado. Lentamente, comece a inalar uma respiração profunda como você estender os braços para cima a partir dos lados com as palmas para cima. Levante as mãos sobre sua cabeça. Entrelace os dedos e vire as mãos unidas sobre a face do céu, as palmas para cima. Empurre os calcanhares das palmas das mãos e estenda os braços para cima, mantendo os ombros relaxados. Dobre um pouco para a esquerda e estique o braço direito ligeiramente para abrir gentilmente a área de seu fígado.
          Som: Abra bem os olhos (os olhos são a abertura sensorial do fígado). Expire lentamente, tornando o som shhhhh subvocalmente. Sinta que você está liberando o calor preso em excesso, raiva, doença, ou negatividade de seu fígado e que estes estão andando fora de seu corpo em sua respiração.
          Postura de repouso: Depois de ter expirado completamente, feche os olhos, separe as mãos, vire as palmas para baixo, e lentamente abaixe os braços para os lados, levando com as palmas das mãos. Sorria, e inalar uma brilhante primavera névoa verde, iluminando o fígado e vesícula biliar. Traga as mãos para trás para descansar sobre a aura do fígado. Feche os olhos e um sorriso em seu fígado. A cada inspiração, respirar Chi fresco em seu fígado e da vesícula biliar. Com cada expiração, mentalmente fazer o som do fígado.
          Repita pelo menos três vezes. Repita seis, nove, doze, ou 24 vezes para aliviar a raiva extrema, para aliviar os olhos vermelhos e lacrimejantes, para remover um gosto azedo ou amargo na boca, ou para desintoxicar o fígado.

          Som do Coração

            1. Elemento: Fogo
            2. Órgão associado: intestino delgado
            3. Som: Haaaaaw
            4. Emoções: Negativas - arrogância, dureza, crueldade, ódio
              Positivo - alegria, honra, respeito, amor, felicidade
            5. Cor: Vermelho
            6. Estação: Verão
            7. Direção: Sul
              Posição: Deixe tanto descanso mãos sobre o coração. Sorria para seu coração, e estar ciente de qualquer arrogância, soberba, ódio, tontura, crueldade ou precipitação na mesma. Lentamente, comece a inalar uma respiração profunda como você estender os braços para cima a partir dos lados com as palmas para cima, como você fez com o som do fígado. Levante as mãos sobre sua cabeça. Entrelace os dedos e vire as mãos cruzadas sobre a face do céu, as palmas para cima. Empurre os calcanhares das palmas das mãos e estenda os braços para cima, mantendo os ombros relaxados. Dobre um pouco para a direita e estique o braço esquerdo um pouco para abrir a área de seu coração.
              Som: Manter os olhos suave e relaxada, olhar para cima através de suas mãos. Expire lentamente, fazendo com que o som haaaaaw subvocalmente. Sinta que você está liberando o calor preso, as emoções negativas, doença ou desequilíbrio de seu coração e que estes estão andando para fora do corpo em sua respiração.
              Postura de repouso: Depois de ter expirado completamente, feche os olhos, separe as mãos, vire as palmas para baixo, e lentamente abaixe os braços para os lados, levando com as palmas das mãos. Como você se move, inalar uma névoa vermelha brilhante no coração e intestino delgado. Traga as mãos para trás para descansar sobre a aura do seu coração. Sorria para seu coração. A cada inspiração, respirar Chi fresco em seu coração. Com cada expiração, repita mentalmente o som do coração.
              Repita pelo menos três vezes. Repita seis, nove, doze, ou 24 vezes para aliviar a impaciência extrema, pressa, arrogância, nervosismo, mau humor, nervosismo, irritabilidade, úlceras na língua, palpitações, dor de garganta, doenças do coração, ou insônia e para desintoxicar o coração.

              Som do Baço

                1. Elemento: Terra
                2. Órgão associado: estômago, pâncreas
                3. Som: Wh00000 (gutural da garganta)
                4. Emoções: Negativo - simpatia, preocupação excessiva, cismar
                  Positivo - a equidade, equilíbrio, equanimidade, justiça, abertura
                5. Cor: Amarelo
                6. Temporada: verão indiano
                7. Direção: Centro (onde você está, olhando para as seis direções)
                  Posição: Coloque as mãos sobre o corpo para que eles cobrem o baço, pâncreas e estômago área. Esteja ciente de seu baço, e sorrir com sinceridade nele. Inspire profundamente como você move seus braços para fora em um abraço, e apontar os dedos para cima sob a caixa torácica esquerda. Colocar os dedos de ambas as mãos logo abaixo do esterno e caixa torácica, no lado esquerdo.
                  Som: Cuidado, magra em seus dedos, e empurre a ponta dos dedos dentro expire lentamente e fazer o wh00000 som das profundezas de sua garganta. Sinta-se libertando todo o calor preso, preocupação, fixações mentais, ou simpatia em excesso.
                  Postura de repouso: Depois de ter expirado completamente, feche os olhos, lentamente, solte as mãos e estenda os braços, abraçando a terra. Retorne suas mãos para a posição de repouso na aura do baço. Sorria para o seu baço, estômago, pâncreas e. A cada inspiração, inspire Chi fresco a seu baço, pâncreas e estômago como uma névoa brilhante cura luminosa amarela, que purifica e refresca seus órgãos. Com cada expiração, mentalmente fazer o som baço.
                  Repita pelo menos três vezes. Repita seis, nove, doze, ou 24 vezes para aliviar a extrema indigestão, calor ou frio no estômago e baço, preocupação, náuseas, hemorróidas, fadiga, prolapso, ou fezes amolecidas.

                  Triplo Aquecedor Som

                  O Triplo Aquecedor termo refere-se ao torso superior, médio e inferior e as transformações distintas metabólicas que ocorrem dentro de cada área. O aquecedor superior é a área acima do diafragma, onde o coração e os pulmões são localizados. Esta área tende a tornar-se quente e é responsável pela respiração e da circulação cardiovascular. O meio mais quente, a área entre o diafragma eo umbigo, torna-se quente e é onde os órgãos digestivos estão localizados. O Lower Warmer, a área abaixo do umbigo, é responsável pela reprodução e eliminação e é legal na temperatura. O som heeeee equilibra a temperatura dos três níveis de trazer a energia quente até o mais baixo centro de energia e fria até os centros superiores.
                  Posição: Deite-se de costas com os braços pousados ​​em seus lados, palmas para cima. Mantenha seus olhos fechados. Sorria. Com uma única inalação, respirar primeiro na parte superior dos seus pulmões para expandir o aquecedor superior, em seguida, para o meio dos pulmões para expandir o Aquecedor Médio, e finalmente para dentro dos pulmões inferiores para encher o aquecedor inferior. Respirando desta forma cria mais espaço dentro do tronco para cada órgão, ajudando a libertar e fazer circular o calor interno ou frio.
                  Som: Expire enquanto faz o som heeeee subvocalmente, achatando o seu primeiro no peito, então o seu plexo solar, e, finalmente, seu abdômen inferior. Sinta-se a cor escura e turva ea saída de energia frio das pontas dos dedos.
                  Descansando Postura: Depois de ter expirado completamente, não incidem sobre todas as emoções ou processos de purificação. Em vez disso, deixar ir e relaxar o corpo ea mente completamente.
                  Repita pelo menos três vezes. Repita seis, nove, doze, ou 24 vezes para aliviar a insônia e estresse.
                  Quando você tiver completado os seis sons de cura, apenas de descanso, o sorriso, e não fazer nada.



                  FaseMadeiraFogoTerraMetalÁguaN / AÓrgãosVesícula biliar, fígadoIntestino, coração pequenoEstômago, baçoPulmões Intestino, GrandeRins, bexigaTriplo Aquecedor (1)Excesso emocionalRaivaAlegria (excitação)NinhadaTristezaMedoN / AChia3. Shhhhhhh, sub-vocalmente.
                  4. Hawwwwwww, sub-vocalmente.5. Whoooooo ", fez sub-vocal e sentida nas cordas vocais."1. Ssssssss, subvocalmente.2. "Em volta dos lábios e silenciosamente fazer a um som faz em soprar uma vela."6. Heeeeeee, sub-vocalmente.
                  Cohen3. Sh ", como se dizendo" Hushhh, fique quieto. " No final do sh, formar a boca em forma de U ".4. Ho, "idêntico ao hoo em 'gancho' da palavra."5. Hooo ", assim como a palavra" que "."1. Veja-ahh ", canta um quase inaudível prolongada"2. Chrroooeee, "canto baixo"6. Seeee "Ao fazer o som, formar a boca em forma de sorriso."Dantao1. Xu (pronuncia Shew, vocalizado)2. Ho (vocalizado)3. Fu (vocalizado)4. Xi (ver pronunciada, vocalizado)5. Chu
                  (pronuncia Chew, vocalizado)
                  6. Hey (vocalizado, rima com "play")Davis3. Shoo (o mesmo que o som de metal, mas com os lábios arredondados)4. Khe (consoante inicial é entre K e H, com os lábios em forma de se fazer o "uh" som de "put")6. Hoo (como soprar uma vela)1. Shhh (como dizer a alguém para ficar quieto)2. Chway (sussurrou)5. SssssssOlson1. Enxotar2. Haa3. Hoo4. Sss5. Foo6. SheeNi4. Shu1. Ho2. Hu3. SZZ6. Fu5. Shi (refere-se a vesícula biliar, em vez de queimador tripla)Reid1. Hsu, "como" barbada ", com os lábios apertados, mas suavizado por o trema sobre a vogal".2. Ela ", como" a ", mas sem o final 'r', com a boca aberta, a ponta da língua pressionada contra os dentes inferiores e sílaba de aspiração na parte superior da garganta na exalação." 3. Hoo "," que, "com os lábios arredondados ea língua suspenso em meados de boca, como se soprar uma vela."4. Sss ", como em 'silvo', sem a inicial 'oi-', com sua língua atrás dos dentes inferiores e os lábios superior e inferior ligeiramente entreabertos."5. Chway ", como em" caminho "com um" ch "na frente. Lábios ligeiramente franzidos na inicial 'ch', então relaxado e aberto sobre o" caminho "final".6. Shee "," ela ", com os dentes e lábios entreabertos formado em um pequeno sorriso."















                  Abrindo a órbita microcósmica: Muito da fraqueza, do desânimo e das perturbações porque passamos no dia-a-dia, tem a ver com o desconhecimento dos circuitos de energia e sobretudo com um uso incorrecto que fazemos desta. A órbita microcósmica é uma prática fundamental para desbloquearmos, harmonizarmos e movermos a nossa força vital de forma segura, sem a dissiparmos e, ao mesmo tempo, recebermos mais energia de outras forças, como a da Terra e do Céu. A prática regular da órbita microcósmica é a base para as fórmulas seguintes e para a Alquimia Interna que este sistema promove. Além de incrementarmos o Chi, harmonizarmos a energia Yin e Yang em todo o sistema energético, melhoramos a comunicação entre os nossos centros energéticos e equilibramos os 3 Tesouros. Uma boa prática da órbita microcósmica, portanto, é um exercício bastante completo e fundamental para o cultivo da nossa força vital. 



















                  Princípios Básicos do T’ai Chi Chuan
                  Tranqüilidade e concentração: estados mentais a serem buscados.
                  Fluidez: respiração sem esforço; movimentos harmoniosos. 
                  Suavidade: movimentos regulares, arredondados, ritmados. 
                  Equilíbrio: boa base; encontrar o eixo físico, psicológico e energético. 
                  Centralização: corpo ereto. “Pés enraizados no chão e cabeça tocando o céu.” 
                  Relaxado, mas firme: flexibilidade e descontração, força e resistência. 
                  Coordenação: corpo, mente, respiração e energia coordenados; mãos e pés movem-se em harmonia com os braços e pernas, cinturas escapular e pélvica, a cabeça e o olhar. 
                  Continuidade: “a forma assemelha-se a um rio que flui livre e pacificamente”. 

                  Qigong, Tai Chi, MTC, os 5 Elementos e o Processo de Cura

                  A primeira coisa a ter em mente quando trabalhamos com os cinco  elementos é que eles são simbólicos. Isto é muito importante! Os cinco processos são utilizados na MTC e são de grande importância para os profissionais da MTC, que trabalham com Terapias Holísticas ou pessoas que trabalham o Qi com o TaiChi (Qigong). Como praticantes de qigong não precisamos ter um grande entendimento (profundidade), mas é bom ter uma visão geral, que é o objetivo deste post.


                  Os textos clássicos do Tai Chi Chuan escritos pelos mestres orientam a:

                  ·         Vencer o movimento através da quietude (Yi Jing Zhi Dong) 以靜制動
                  ·         Vencer a dureza através da suavidade (Yi Rou Ke Gang) 以柔克剛
                  ·         Vencer o rápido através do lento (Yi Man Sheng Kuai) 以慢勝快

                  No Taoísmo, onde o Tai Chi Chuan (Limite Absolutoteve sua origem, tem a conotação filosófica de "Elevação", "Sublimação", "Purificação", resultante, entre outras, do desenvolvimento de um mecanismo de defesa emocional pelo qual tendências ou sentimentos inferiores se transformam em outros que não o sejam.

                  O Tai Chi também simboliza o "Cosmos" e a interação, dos princípios energéticos Yin e Yang, em constante mutação, sendo conhecida a sua representação pelo Tai Chi Tu (Diagrama do Tai Chi), mais conhecido no Ocidente como o "Símbolo do Yin-Yang".

                  As forças Yin e Yang geram 5 elementos, representados nos movimentos do Tai Chi:

                  ·         Os quatro lados (Si zheng 四正)

                  (1). Péng 掤 (aparar – portal Kan – água)
                  (2). Lǜ     履  (desviar – portal Li – fogo)
                  (3). Jǐ       擠 (pressionar – portal Tui – lago)
                  (4). Àn     按 (empurrar – portal Chen – trovão)

                  • Os quatro cantos (Si yu 四隅)
                  (5). Cǎi     (colher e puxar – portal Chien – céu) Sudeste
                  (6). Liè     (colher e quebrar – portal Sun – vento) Noroeste
                  (7). Zhǒu  (golpe de cotovelo – portal Kun - terra) Nordeste
                  (8). Kào    (golpe de ombro – portal Ken – montanha) Sudoeste

                  Os cinco passos (Wǔ 五步 podem ser relacionados aos Cinco Elementos cósmicos (五行 py wǔxíng) que fundamentam a medicina tradicional chinesa - MTC: madeira, fogo, terra, metal e água (,).

                  (9). Jìn bù             進步 (avançar – Huo – fogo)
                  (10). Tùi bù          退步 (recuar - Suei - água)
                    (11). Zǔo gù         左顧 (olhar à esquerda – Mu – madeira)
                    (12). Yòu pàn       右盼 (olhar à direita – Jin – metal)
                    (13). Zhōng dìng  中定 (equilíbrio central – Tu - terra)


                  Os Cinco Passos (Wu Bu) estão relacionados com as técnicas de pés (bufa) e correspondem aos Cinco Elementos (wuxing), conceitos melhor entendido se traduzido como os Cinco Processos Elementais de Transformação de Energia. Eles fornecem o controle sobre as oito direções. Avançar (Fogo), Recuar (Água), Olhar para esquerda (Madeira), Olhar para direita (Metal) e ficar no centro (Terra) são as técnicas dos Cinco Elementos. Ficar no centro significa manter o equilíbrio central que age como um ponto de eixo, pois contêm os oito trigramas para os pés e os cinco elementos para as mãos e os passos.
                  Um Passo e olhar a esquerda está relacionado ao Metal, e por isso é duro por natureza. Em ação, um passo e olhar a esquerda é acompanhado por um soco de direita. Se estudarmos o ciclo de construção, descobriremos que o Metal foi produzido pela Terra e, como resultado dessa associação, o soco de direita deve ser desferido com equilíbrio e confiança.

                  A Água descreve uma forma especial de retirada. Não é como o recuo descontrolado de um exército derrotado, mas a entrega tática de uma posição inútil. Em termos de posições do Tai Chi, significa recuar, e oferece a qualidade da elasticidade. Quando a dureza do Metal apoia a maleabilidade da Água, temos uma posição defensiva flexível. Mas ela pode se tornar uma posição ofensiva com muita rapidez.

                  Olhar a direta é o movimento associado a Madeira, e diz-se que ele incorpora o poderio. Quando associado à Água, o movimento implica força flexível. O avanço é associado ao Fogo e se refere ao movimento ofensivo de dar um passo a frente. Combinado a Madeira, a ferocidade natural do Fogo é alimentada e reforçada. Como se pode ver, a sequencia criativa é aplicada de maneira ofensiva.
                  Vamos começar por dar uma olhada neste diagrama:


                  A sequência destrutiva é aplicada da maneira exatamente oposta defensivamente. Nessa sequencia vemos as fases, na forma dos elementos, usadas para contrabalancear uma a outra. A Terra supera a Água, e a Água supera o Fogo. O Fogo supera o metal, que por sua vez supera a Madeira. Os dois ciclos podem ser compreendidos em termos de expansão, representada pelo padrão agressivo, e contração, representada pelo padrão defensivo.



                  Ciclo Construtivo: Yang

                    • Terra é onde encontramos metal
                    • Metal aquecido se torna líquido simbolizada pela Água
                    • A água ajuda a crescer as plantas, o que nos dá Madeira
                    • A madeira é usada como combustível para criar Fogo
                    • Fogo cria material queimado que é nutritivo para o solo, portanto cria Terra
                    • Terra é onde encontramos metal

                    Ciclo Destrutivo: Yin

                    • Terra destrói água absorvendo-a
                    • Água destrói o fogo por extingui-lo
                    • Incêndio destrói Metal por derrete-lo
                    • Metal destrói madeira, cortando-a
                    • Madeira destrói a Terra ao absorver seus nutrientes
                    • Terra destrói água absorvendo-a


                    É importante notar que ambos os ciclos construtivo e destrutivo são necessários a fim de criar Yin / Yang = Harmonia.



                    O elemento que controla esta energia excessiva entra em ação para restaurar o equilíbrio. O ciclo Produtivo e o de dominação mantêm uma constante relação de harmonia e equilíbrio entre as cinco fases da energia ou as cinco energias elementares.

                    Exemplo: Se o elemento Madeira gerar demasiada energia, fornecendo ao elemento Fogo muito combustível – o Metal entra em ação, cortando o fornecimento de madeira e assim, restabelece o equilíbrio.
                    Os "elementos" estão ligados as emoções e os cinco processos elementares são usados ​​com grande efeito com distúrbios emocionais:
                    • Metal corresponde aos pulmões, que corresponde a Tristeza
                    • Água corresponde aos rins, que são ligados ao Medo
                    • Madeira corresponde ao fígado e está ligada à Raiva / agressão
                    • Fogo corresponde ao Coração (física, emocional e espiritual) e ligado à Alegria
                    • Terra corresponde ao baço/pâncreas e está ligada com a ansiedade.
                    Para a Medicina Tradicional Chinesa, todos os seres vivos são dotados de uma energia vital denominada "chi", e o equilíbrio entre as polaridades positiva (yang) e negativa (yin) dessa energia, tem influência direta sobre a saúde do homem e para a natureza. Se o organismo consegue compensar naturalmente o desequilíbrio, nada acontece. Mas, quando esse mecanismo falha, as doenças podem aparecer.


                    Os mestres chineses ensinavam que são vários os fatores que podem alterar nosso fluxo energético que resultam em doenças e classificavam esses fatores em: internos, externos e mistos. 



                    Fatores internos: são os pensamentos, crenças, sentimentos e emoções. Segundo eles, as emoções debilitam determinados órgãos ou sistema, fragilizando-os e o expondo-os às doenças. O estresse, preocupação e fadiga mental também têm o poder de alterar a polaridade energética. Qualquer situação que desperte uma emoção intensa, boa ou má, e que exija mudança funciona como um agente estressor. Dentre as emoções, a raiva aumenta o calor, que é yang, já a tristeza é do tipo yin. Todas as emoções geram algum tipo de reação no nosso padrão energético. Porém, as emoções só se tornam um fator de desequilíbrio para nossos órgãos internos quando permanecem conosco intensamente por um longo tempo.


                    Fatores externos: São os acontecimentos do dia-a-dia, o relacionamento com as pessoas e com o meio em que vivemos. As condições climáticas, como o vento frio, por exemplo, aumenta a polaridade yin, para reforçar a energia yang, a resposta orgânica pode ser a febre. Os ferimentos, fraturas, cortes e qualquer tipo de acidente desequilibram a energia vital. Cigarro, bebida alcoólica e todas as demais drogas, permitidas ou não, afetam o equilíbrio energético. Dentre os fatores externos, os Mestres Chineses prestavam muita atenção na alimentação, para eles, os alimentos também são dotados de energia vital e interagem com nossa própria energia. 

                    Fatores mistos: Sob esse ponto de vista, não existe doença, mas organismo doente em virtude de tais estados emocionais negativos, assim como não existe o bom médico, mas sim o bom paciente. Dependendo do mal que o indivíduo sofra, a causa está em sua história. "Para cada sentimento negativo, há uma doença. Esse sentimento negativo cria um paladar que o leva a comer o que o vai provocar o desequilíbrio físico. Revertendo-se esse processo, consegue-se a cura".


                    Dentro do Equilíbrio com o Reiki, além de trabalharmos os chakras, também limpamos os 5 órgãos que, direta ou indiretamente, alimentam estas 5 emoções negativas que bloqueiam a circulação da energia no nosso sistema. O que os chineses chamam de “qi” .


                    Ao discutirmos o aspecto emocional do processo da doença, é importante lembrar que é normal sentirmos a gama completa das emoções. Uma fonte de desequilíbrio surge somente quando uma emoção em particular é vivenciada por um período prolongado de tempo ou com uma intensidade específica.

                    Certamente é importante que uma pessoa com problemas emocionais sérios recorra à ajuda profissional de um psicoterapeuta.


                    Raiva
                    Está associada ao fígado. Por sua natureza, a raiva causa o aumento do qi, o que provoca rosto e olhos avermelhados, dores de cabeça e vertigens. Isso coincide com o padrão de aumento do chamado fogo do fígado. A raiva também pode fazer o qi do fígado “atacar o baço”, produzindo falta de apetite, indigestão e diarréia, geralmente isso ocorre com pessoas que discutem na mesa de refeições ou comem enquanto dirigem.
                    Numa visão mais a longo prazo, a raiva ou frustração reprimida normalmente causa a estagnação do qi e isso pode resultar em depressão ou desordens menstruais. É interessante notar que as pessoas que ingerem ervas para liberar o qi estagnado do fígado normalmente experimentam surtos de raiva quando a estagnação é liberada. A raiva passa quando o equilíbrio é restaurado. Da mesma forma, geralmente a raiva e a irritabilidade são os fatores determinantes no diagnóstico da estagnação do qi do fígado.
                    Muitas pessoas ficam aliviadas ao saber que sua raiva tem um fundo fisiológico. É essencial evitar ingerir café durante o tratamento de desordens do fígado relacionadas à raiva, pois o café aquece o fígado e intensifica muita a condição desfavorável.
                    Alegria
                    A emoção da alegria está ligada ao coração. Uma desordem relacionada à alegria pode parecer estranha, já que a maioria das pessoas deseja o máximo de alegria em suas vidas. As desordens dessa emoção não são causadas pela felicidade. O desequilíbrio surge quando entusiasmo ou estímulos excessivos ocorrem ou boas notícias súbitas chegam como um choque para o sistema.
                    Ao avaliar os níveis de estresse, os psicólogos verificam todas as fontes de estresse: positivas e negativas. É claro que a morte de um cônjuge ou a perda de um emprego é uma fonte significante de estresse. Porém, um casamento ou promoção no emprego, ainda que seja uma ocasião feliz, também é uma fonte de estresse.
                    Uma pessoa que está constantemente saindo, freqüentando festas e vivendo uma vida de excessos, pode acabar desenvolvendo desequilíbrios do coração como palpitações, ansiedade e insônia. Uma pessoa com desequilíbrios no coração também pode demonstrar sintomas emocionais, já que o coração é o lar do espírito (shen). Uma pessoa com sérios distúrbios no shen do coração pode ser vista conversando alegremente consigo mesma e tendo surtos de gargalhadas.
                    Tal comportamento resulta da incapacidade do órgão do coração em proporcionar um local de descanso estável para o espírito. Esse tipo de desequilíbrio é tratado com acupuntura ao longo do meridiano do coração. Os tratamentos herbários consistem em fórmulas que nutrem o sangue do coração ou yin. Se o fogo do coração perturba o espírito, ervas que limpam o calor do coração são usadas.
                    Preocupação
                    A preocupação, uma emoção muito comum em nossa sociedade repleta de estresses, pode esgotar a energia do baço. Isso pode causar distúrbios digestivos e acabar levando à fadiga crônica: um baço enfraquecido não pode transformar o alimento em qi de maneira eficaz e também os pulmões são incapazes de extrair o qi do ar eficientemente.
                    Uma pessoa que se preocupa muito “transporta o peso do mundo sobre seus ombros”, e uma palavra que descreve muito bem como uma pessoa se sente quando o qi de seu baço está fraco é depressão. O tratamento inclui moxa e ervas que fortificam o baço, o que proporciona à pessoa energia para lidar com os problemas da vida em vez de vivenciá-los.
                    Pensamento obsessivo
                    Pensar excessivamente ou obsessivamente sobre um assunto também pode esgotar o baço, o que causa a sua estagnação. Uma pessoa com essa condição pode exibir sintomas como falta de apetite, esquecimento de se alimentar e inchaço após comer. Com o tempo, a pessoa pode desenvolver uma complexão pálida devido à deficiência de qi do baço. Eventualmente, isso pode afetar o coração, fazendo a pessoa sonhar com os mesmos assuntos à noite. Geralmente os estudantes são afetados por esse desequilíbrio. O tratamento padrão é usar ervas que tonifiquem o sangue do coração e o qi do baço.
                    Tristeza
                    A tristeza ou pesar afeta os pulmões, produzindo fatiga, falta de ar, choro ou depressão. O tratamento dessa condição envolve acupuntura para os pontos ao longo dos meridianos do pulmão e rim. Normalmente, fórmulas herbárias são usadas para tonificar o qi ou yin dos pulmões.
                    Medo
                    A emoção do medo está relacionada com os rins. Essa ligação pode ser prontamente percebida quando o medo extremo faz uma pessoa urinar incontrolavelmente. Nas crianças isso também se manifesta quando elas urinam na cama, o que os psicólogos associaram com insegurança e ansiedade.
                    A ansiedade prolongada devido às preocupações com o futuro pode esgotar o yin, yang e qi dos rins, o que pode eventualmente levar à fraqueza crônica. O tratamento envolve tonificar os rins com tônicos yin ou yang, dependendo dos sintomas particulares.
                    Choque (pavor)
                    O choque é especialmente debilitante para os rins e o coração. A reação “lutar ou fugir” causa uma liberação excessiva de adrenalina das glândulas adrenais ou supra-renais, que se localizam sobre os rins. Isso faz o coração responder com palpitações, ansiedade e insônia.
                    O estresse crônico oriundo do choque pode ser muito debilitante para o sistema inteiro, causando uma ampla gama de problemas. O choque severo pode ter um efeito duradouro sobre o shen do coração, como fica evidente em vítimas da síndrome do estresse pós-traumático. O tratamento envolve psicoterapia, ervas que acalmam o espírito e nutrem o coração e rins, e tratamentos regulares de acupuntura
                    - Fonte: How Stuff Works




                    TERAPIA ALIMENTAR DOS CINCO ELEMENTOS

                    ELEMENTO MADEIRA

                    Esse elemento representa a oscilação de temperatura, onde ocorrem patologias como a alergia; representa também a TPM, climatério, problemas nas articulações e ligamentos musculares. Em relação ao estado emocional pode ocorrer alteração do humor e irritabilidade.

                    Terapia Alimentar
                    Vegetais: vagem, tomate, ervilha, salsa, alho-poró, alface e espinafre
                    Frutas: maçã, abacaxi, kiwi, ameixa e tangerina
                    Carnes: fígado de galinha, de boi e de ganso
                    Refogado de ervilha com espinafre é um bom prato

                    ELEMENTO FOGO

                    Representa a força transformadora que gera ansiedade e aquece o organismo; fortalece também a energia do coração. Portanto, esses alimentos são indicados para problemas do sistema circulatório, taquicardia, ondas de calor, bem como edemas, inchaço, aperto no tórax e até mesmo a insônia.
                    Em relação ao estado emocional e mental são indicados para nervosismo, irritabilidade e perda de memória.

                    Terapia Alimentar
                    Vegetais: beterraba, couve e aspargo; aveia, trigo, noz-moscada; chicória, acelga
                    Carnes: vermelha grelhada sem gordura
                    Seguno A MTC, a gordura só faz mal se a energia do coração estiver alterada. Caso contrário essa gordura fará bem, pois dependemos dela para síntese hormonal e como fonte de energia. Ou seja, se você estiver agitado e ansioso com certeza essa gordura irá congestionar suas artérias e veias, caso contrário, ela será metabolizada e fará bem ao organismo.

                    ELEMENTO TERRA

                    Representa a força nutritiva e as perturbações que costumam aparecer ligadas ao frio e à umidade, como o resfriado. Está ligado também aos problemas intestinais como gases e flatulências, sensação de enjôo, pode aparecer acidez na boca como afta e problema do tecido conjuntivo, reumatismo e tendência à obesidade.

                    Terapia Alimentar
                    Vegetais: erva-doce, alface americana que é adocicada, ervilha - aquela que vem dentro da casca
                    Frutas:tâmara, pêra, nozes
                    Carnes: carne bovina e carne de vitela, lombo

                    ELEMENTO METAL

                    Esse elemento representa (agrega) energia, portanto está ligado à sensação de fadiga cansaço e problemas nas vias respiratórias como a asma, bronquite, eczemas, coceiras e erupções da pele.
                    Na alteração do humor: depressão

                    Terapia Alimentar
                    Folhas picantes: agrião, rúcula, aipo, cebola, aipo, alho, rabanete e mostarda
                    Carnes: galinha fortalece a energia do pulmão: ex: canja de galinha

                    ELEMENTO ÁGUA
                    Representa a energia do frio, está ligado às doenças de friagem, problemas no ouvido, como a dificuldade em escutar, dor na coluna vertebral, enfermidades das vias urinárias, infecção da bexiga e cálculos renais.
                    Está ligado ao estado emocional de angústia, temores e pânico.

                    Terapia Alimentar
                    Vegetais: berinjela, cenoura, cevada e soja
                    Peixes: linguado, cavala, enguia e lula
                    Frutas: ameixa e abacate

                    Praticantes da MTC e terapeutas holísticos que utilizam qigong podem usar os processos construtivos e destrutivos para trabalhar com questões emocionais e físicas em um cliente.
                    Lembre-se este post foi só para lhe dar uma visão geral, uma introdução aos cinco elementos, livros inteiros foram escritos sobre este assunto...





                    Tai Chi - 5 Elementos - Chi Kung - Qigong












                    KUNG FU TAIJI